Seminário NEMES

SOBRE O GRUPO


Desde a sua certificação pelo CNPq, em 2003, o Núcleo de Estudos em Mística e Santidade vem desenvolvendo estudos sobre as categorias históricas de mística e santidade no universo abraâmico, no neo-platonismo e hermetismo antigo, a partir das frentes metodológicas que constituem o campo das Ciências da Religião, em especial a filosofia, psicologia, teologia, história, literatura e arte.

Essa reflexão conduziu às questões que transitam entre a moral, a teologia e a filosofia nessas tradições: bem e mal, lei, idolatria, amor, vida familiar, sexualidade, morte, Deus e ateísmo, pecado, casamento e adultério, ciência e técnica — temas que vemos refletidos de maneira singular na literatura, no cinema e no teatro da era contemporânea.

A partir disso, nasceram diversos projetos de pesquisa que abordam as possíveis relações entre religião e moral no âmbito do cinema, da literatura e da filosofia. Através da análise de obras que abordam o sofrimento moral e psíquico em profundidade como, por exemplo, a do escritor russo Fiodor Dostoievsky e do dramaturgo brasileiro Nelson Rodrigues, ou de cineastas como Ingmar Bergman, Krzysztof Kieslowski, Lars Von Trier e Clint Eastwood, dentre outros, esses trabalhos investigam as maneiras pelas quais são tratadas a religião e a filosofia em nossos dias. Categorias como trágico, angústia, melancolia e niilismo servem de norte para a leitura e análise de grandes autores. Também os clássicos, tais como as tragédias gregas e Shakespeare, estão entre as referências para pesquisa.

Isso contribui para que se amplie a meta principal do NEMES que é a de uma verticalização da reflexão epistemológica em Ciências da Religião, traço diferencial e de grande valor que caracteriza o Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências da Religião da PUC-SP, bem como a formação de um corpo de pesquisadores capacitados a dialogar com a educação e a clínica psicológica na difícil tarefa de reintrodução da “questão religiosa”, uma vez que a sociedade contemporânea começa a perceber que os instrumentos modernos de compreensão do fenômeno religioso (resumidos nas ideias de religião como alienação ou sintoma) não dão conta da demanda social e psicológica em nossa época.

No presente momento, os encontros do núcleo estão focados no estudo de alguns dos pensadores ligados ao chamado judaismo contemporâneo: [Mais informações aqui em breve]


* * * * *


Como resultado das discussões e trabalhos realizados, desde 2008 o Núcleo de Estudos em Mística e Santidade organiza seminários anuais para apresentar o andamento das pesquisas de pós-graduandos e demais membros do grupo.

Desde a primeira edição foram abordados temas como: a existência do mal (O Mal está entre nós?), a santidade (Seria a santidade insuportável?), a relação do feminino com a divindade (As Mulheres e Deus), a filosofia e o divino (Deus e os Filósofos), as representações da religião ou religiosidade no cinema (Religião e Cinema), as relações entre religião e sombra abordadas pelo cinema (Religião, Cinema e Sombra), e a moral no mundo contemporâneo (Inferno Moral).

Além disso, os seminários sempre contaram com a presença de convidados especiais que vieram contribuir com sua experiência nas mais variadas áreas de atuação — historiadores, filósofos, teólogos, psicanalistas, psicólogos, educadores, jornalistas e críticos. Nas sete edições do Seminário NEMES, estiveram presentes: Leandro Karnal (UNICAMP), Oswaldo Giacóia Jr. (UNICAMP), Elena Vássina (USP), Dante Marcello Gallian (UNIFESP), Rabino Alexandre Leone, Sheikh Mohamad Al Bukai (Mesquita do Pari), Rafael Ruiz (UNIFESP), Juvenal Savian Filho (UNIFESP), Rachel Gazolla (Filosofia, PUC-SP), Sérgio Rizzo (Mackenzie, FAAP e Academia Internacional de Cinema), Igor Gielow (Folha de São Paulo), Afonso M. L. Soares (PUC-SP), Jõao Bezinelli (Instituto Sedes Sapientiae), Rogério de Almeida (FEUSP), dentre outros.

Anúncios